N√ļmero de mortes por coronav√≠rus em SP sobe para 15, segundo governo do estado

Governador João Doria (PSDB) também afirmou neste sábado (21) que irá determinar quarentena, pelo período de 15 dias, a partir da próxima terça-feira (24).

Por Portal Curiúva com G1 em 21/03/2020 às 13:51:04
Divulgação/google

Divulgação/google

Curta nossa p√°gina no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem em todo Paran√°.

O Governo do Estado de São Paulo confirmou neste sábado (21) que há mais seis mortes causadas pelo novo coronavírus no estado de São Paulo. O total subiu para 15 mortes.

Segundo a secretaria de sa√ļde, quase todos s√£o idosos, apenas um abaixo de 60 anos, mas que tinha problemas de sa√ļde.

O governador Jo√£o Doria (PSDB) afirmou na tarde deste s√°bado (21) que ir√° determinar quarentena, pelo per√≠odo de 15 dias, a partir da próxima ter√ßa-feira (24) até o dia 7 de abril, para os 645 munic√≠pios do estado de S√£o Paulo.

S√£o 396 casos confirmados no estado de S√£o Paulo até 18 horas de ontem, com 15 mortes e 34 pacientes internados em UTI em tratamento. Ao todo, s√£o 9 mil casos suspeitos.

As secretarias estaduais de Sa√ļde divulgaram, até 12h30 deste s√°bado (21), 1.021 casos confirmados de novo coronav√≠rus (Sars-Cov-2) no Brasil em 25 estados e no Distrito Federal. S√£o 18 mortes confirmadas no pa√≠s.

Doa√ß√Ķes de sangue

Ao informar sobre a primeira morte de paciente como coronav√≠rus, o governo do estado de S√£o Paulo fez um alerta e um pedido à popula√ß√£o da cidade de S√£o Paulo para que fa√ßam doa√ß√Ķes de sangue pois, segundo o coordenador de Centro de Contingenciamento para o Coronav√≠rus em S√£o Paulo, o médico David Uip, os bancos da capital est√£o "praticamente vazios".

"Eu preciso dar um informe, que preciso de muito apoio de vocês: os nossos bancos de sangue estão praticamente sem sangue. O banco de sangue que tem mais sangue, tem sangue hoje para praticamente uma uma semana", declarou.

O governo de São Paulo avalia que o surto de coronavírus deve durar "de quatro a cinco meses". No entanto, as medidas restritivas adotadas pela administração estadual, como a suspensão das aulas e a restrição de eventos (leia mais abaixo), não devem ser aplicadas durante todo este período.

Medidas de contenção do vírus

A pandemia de coronav√≠rus que atingiu o Brasil tem levado o governo e a prefeitura de S√£o Paulo a tomarem uma série de medidas para impedir aglomera√ß√£o de pessoas. O governador Jo√£o Doria anunciou nesta quarta-feira (18) o fechamento de todos os shoppings centers e academias da capital paulista e da regi√£o metropolitana de S√£o Paulo para deter a propaga√ß√£o v√≠rus. Ele também recomendou a suspens√£o de missas e cultos na Grande SP para conter o coronav√≠rus.

Os shoppings t√™m até a próxima segunda-feira (23) para fechar as portas e o fechamento deve durar preliminarmente até o dia 30 de abril. A medida n√£o se aplica a shoppings do interior e do litoral, apenas da Grande S√£o Paulo, segundo o governo. Por meio de nota, a Associa√ß√£o Brasileira de Lojistas de Shopping (ALSHOP) informou que ir√° cumprir integralmente a determina√ß√£o dos governos estaduais quanto ao fechamento dos shoppings até a data estipulada.

A Prefeitura de S√£o Paulo, por sua vez, proibiu o funcionamento do comércio a partir de sexta-feira(20). Apenas servi√ßos essenciais e de alimenta√ß√£o continuar√£o funcionando, como supermercados, padarias, farm√°cias, restaurantes, postos de gasolina, lojas de conveni√™ncia e de produtos para animais, além de feiras livres. O resto do comércio deve paralisar as atividades até 5 de abril.

Segundo o prefeito Bruno Covas, a medida n√£o afeta os estabelecimentos de servi√ßos da capital paulista e nem as pra√ßas de alimenta√ß√£o, supermercados, bancos e outros servi√ßos que funcionam dentro dos shoppings. Porém, as lojas desses shoppings centers da capital dever√£o ser fechadas.

Vacinação em SP

O governo paulista também anunciou que a vacina contra a gripe ser√° oferecida gratuitamente em farm√°cias a partir do dia 13 de abril. A campanha de vacina√ß√£o contra o v√≠rus influenza come√ßa na próxima segunda-feira (23) nos postos de sa√ļde. A vacina contra a gripe n√£o protege contra o novo coronav√≠rus, mas médicos destacam que é importante que a popula√ß√£o esteja imunizada contra a gripe comum para facilitar o diagnóstico do novo v√≠rus.

"Nas farm√°cias, a vacina√ß√£o ser√° gratuita e v√°lida a partir do dia 13 de abril e nos postos de sa√ļde a partir do dia 23 de mar√ßo", disse o governador Jo√£o Doria.

Ciclo do coronav√≠rus — Foto: Foto: Arte/G1Ciclo do coronav√≠rus — Foto: Foto: Arte/G1

Ciclo do coronav√≠rus — Foto: Foto: Arte/G1

Guia de isolamento domiciliar por causa do novo coronav√≠rus — Foto: Arte/G1Guia de isolamento domiciliar por causa do novo coronav√≠rus — Foto: Arte/G1

Guia de isolamento domiciliar por causa do novo coronav√≠rus — Foto: Arte/G1

Elis Rosa

Coment√°rios

Absoluta multimarcas