Domingo, 23 de Junho de 2024
12°C 25°C
Curiúva, PR
Publicidade

APP-Sindicato decide pelo fim da greve dos professores do Paraná

A greve foi deflagrada para tentar impedir a votação do projeto de lei que cria o Programa Parceiro da Escola, que terceiriza a gestão administrativa e de infraestrutura de 204 colégios estaduais do Paraná.

06/06/2024 às 13h10
Por: Portal Curiúva
Compartilhe:
Foto: Reprodução/APP-Sindicato
Foto: Reprodução/APP-Sindicato

Assembleia online realizada nesta quarta-feira (5) pela APP-Sindicato decidiu pelo fim da greve dos professores no Paraná. Durante o encontro que definiu o retorno às atividades nas escolas da rede estadual, os sindicalistas destacaram o “apoio da sociedade recebido pelo movimento”. 

Continua após a publicidade
Anúncio

A greve foi deflagrada para tentar impedir a votação do projeto de lei que cria o Programa Parceiro da Escola, que terceiriza a gestão administrativa e de infraestrutura de 204 colégios estaduais do Paraná.

Continua após a publicidade
Anúncio

Mesmo após a invasão da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) por parte dos grevistas, o projeto foi aprovado em três sessões e foi sancionado pelo governador Ratinho Junior.

“Não conseguimos barrar a tramitação [do projeto], mas incomodamos e alcançamos com grande êxito outros objetivos. A nossa luta colocou a pauta da venda das escolas no mundo”, destaca a presidente da APP-Sindicato, professora Walkiria Mazeto.

Greve dos professores foi considerada ilegal

Antes mesmo do início da paralisação, na segunda-feira (3), o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) já tinha declarado que a greve dos professores do Paraná era ilegal.

A desembargadora Dilmari Helena Kessler, do TJPR, decidiu que a categoria não poderia cruzar os braços até apresentar um plano de manutenção das atividades educacionais. A desembargadora ainda determinou multa de R$ 10 mil por dia de greve.

Parceiro da Escola foi aprovado após invasão na Alep

Ainda na segunda-feira, dezenas de sindicalistas invadiram o prédio da Alep para tentar impedir a votação do projeto de lei. A sessão plenária foi encerrada e retomada horas depois, de forma semipresencial.

Durante a invasão da Assembleia, duas pessoas foram detidas por dano ao patrimônio público e três pessoas ficaram feridas. Elas foram socorridas e levadas para hospitais da região e passam bem.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a ocupação do prédio da Alep e vai utilizar vídeos gravados pelos próprios manifestantes para identificar os responsáveis pelos estragos na sede do Poder Legislativo.

O projeto que cria o programa Parceiro da Escola foi aprovado em duas discussões, na segunda e na terça-feira (4), e sancionado pelo governador Ratinho Junior logo em seguida.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curiúva, PR
17°
Tempo nublado

Mín. 12° Máx. 25°

16° Sensação
1.55km/h Vento
66% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h04 Nascer do sol
05h43 Pôr do sol
Seg 29° 15°
Ter 25° 14°
Qua 25° 12°
Qui 24° 13°
Sex ° °
Atualizado às 22h02
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 370,784,32 +0,83%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias