Sábado, 21 de Maio de 2022 11:56
43 9.9683-7009
ECONOMIA ECONOMIA

Quais os melhores investimentos para conseguir ter uma renda mensal?

Especialistas apontam quanto e onde aplicar para ter o complemento financeiro de uma renda passiva

03/05/2022 18h13
Por: Redação Portal Curiúva
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem na região e em todo Paraná

Em um cenário econômico de inflação em alta e recursos em baixa, ter uma renda que complemente o orçamento cai bem, não é verdade? E como fazer isso? Investir e criar uma renda passiva que gere bom rendimento. Como por exemplo: a caderneta de poupança – é um exemplo de renda passiva, no entanto, não é mais rentável – ou fundos de investimento, como Fundos Imobiliários (LCI), Tesouro Direto, ou CDBs, por exemplo.

Entre os investimentos, segundo o professor Tiago Sayão, do Ibmec, está o Tesouro pré-fixado, que leva em conta a taxa básica de juros da economia, a Selic, hoje em 11,75%.

“Com a Selic no patamar em que está, Tesouro pré-fixado é o mais indicado”, orienta Sayão.

Para se ter uma ideia, caso o investidor aplique R$ 500 iniciais para resgate em 1º de janeiro de 2029, e faça aportes mensais de R$ 100 ao final desse período terá R$ 12.875,01, com os descontos de Imposto de Renda e Custódia da Bolsa, terá líquido R$ 12.099,62.
Os mesmos valores aplicados em poupança dariam um total de R$ 10. 020,59. Em CDB, R$ 10.334,92. Sayão pontua que o título unitário do Tesouro equivale a R$ 462,25 e tem uma rentabilidade de 12,35%.

 

Ganho não está ligado ao trabalho

Cabe destacar que a renda passiva não está ligada ao seu trabalho ou emprego. “É um ganho que se tem sem, necessariamente, precisar trabalhar mais para isso”, explica Gilberto Braga, economista e professor do Ibmec-Rio.

“Quando o cliente recebe dividendos de ações, juros de alguma aplicação em renda fixa ou outros proventos, por exemplo, está recebendo uma renda passiva. Portanto, não precisou trabalhar mais horas ou buscou outra fonte de renda para receber essa remuneração”, explica o economista.

Existem dois tipos de renda passiva:

• Com capital: é o caso de rendimentos de investimentos, ou seja, você aplica um valor em dinheiro e recebe uma renda passiva, que o rendimento do montante investido.
• Sem capital: nesse caso, a renda é obtida por outros meios, como direitos de imagem, direitos autorais ou pensões.

Renda passiva e ativa: confira as diferenças

A renda passiva chega ao seu bolso como remuneração do dinheiro investido que a pessoa, ao invés de gastar, aplicou em vários tipos de investimentos e será remunerado em juros ou proventos por isso, além da própria valorização da aplicação.

Já a renda ativa é aquela que tem como origem o seu trabalho ou esforço: seu salário CLT, seu negócio próprio, seus ganhos recorrentes como freelancer etc. Então, durante a maior parte da sua vida economicamente produtiva, sua principal fonte de renda será ativa e, ao investi-la, caminhará em direção a fazê-la gerar renda passiva no futuro.

Dica para gerar receita e investir

Antes de pensar em investimento são necessários alguns passos. O primeiro deles é fazer um raio-X de receitas e despesas, com esse levantamento em mão avaliar o que realmente é necessário e o que pode ser cortado ou reduzido para haver uma espécie de “sobra” no mês.

Arrume as finanças
A primeira coisa a se fazer é entender seu orçamento, ou seja, as receitas e despesas. Se estiver no vermelho, verifique para onde está indo seu dinheiro e analise a viabilidade de reduzir os valores desses gastos. Só avance até que as finanças estejam em equilíbrio. Organize as contas para entender o que está acontecendo.

Monte um planejamento
Com esse levantamento de gastos fixos e variáveis e a receita mensal no final do mês tem que sobrar dinheiro. Dependendo de quanto você ganha, de quanto gasta, de quanto tempo você quer atingir sua independência, seus objetivos etc. O importante é que, conhecendo seus próprios números, fica mais fácil de enxergar o todo e começar o seu plano.

Aos poucos é possível criar uma renda passiva
Para ser saudável nas finanças, elabore a seguinte estratégia: Destine 50% da renda mensal para gastos fixos e obrigações; 30% para gastar com o que gosta; e 20% destinado aos seus sonhos e objetivos. É esse percentual que deve ser aplicado.

Invista o dinheiro
Onde então aplicar o dinheiro para ele render e te proporcionar renda passiva e juros? Neste momento, mais do que tudo depende do seu perfil de investimentos (conservador, moderado ou arrojado), do quanto de risco deseja assumir em prol de uma rentabilidade maior, do prazo que definiu para alcançar sua independência financeira.

Aportes mensais
Para investir é preciso: paciência, constância, disciplina. Investir é para ser prazeroso, é pensar num bem maior, é cuidar com carinho do seu dinheiro. Os aportes mensais são extremamente importantes, pois só assim você vai acumulando cada vez mais valores, que te geram mais renda. É dessa forma, que se vai colecionando os ativos necessários para soltar o “grito de independência e parar de trabalhar.

 

Por redação com Metrópolis

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curiúva - PR
Atualizado às 11h54 - Fonte: Climatempo
16°
Tempo aberto

Mín. Máx. 19°

16° Sensação
10.4 km/h Vento
46.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (22/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 20°

Sol
Segunda (23/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol e Chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias