ZANATTA, QUERO QUERO, FÊNIX E VIP, CEZINHA
MANIA VEÍCULOS
VIP SAÚDE
LEAL - TERRAPLANAGEM
ODONTO EXCELLENCE
INFOSOLUTIN
CENTRAL VEÍCULOS
GRUPO FÊNIX
FUNESPLAN
TITANIUM MULTIMARCAS
INVESTIGAÇÃO

Advogado pede que Barroso e Fachin sejam investigados por crime eleitoral

O advogado alega que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quanto então sob o comando dos dois ministros, não poderia ter condecorado personalidades, descritas pelo defensor como ativistas políticos pró-Lula, em ano eleitoral.

26/04/2022 12h24
Por: Portal Curiúva
(Foto: Reprodução) Internet
(Foto: Reprodução) Internet

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem na região e em todo Paraná

Cármen Lúcia, ministra do Supremo, pediu à Procuradoria Geral da República segundo a coluna de Lauro Jardim, no O Globo, que se manifeste sobre o pedido de um advogado para que Luís Roberto Barroso e Edson Fachin sejam investigados por “crime eleitoral” pelo fato de o TSE, sob o comando dos dois, ter condecorado personalidades descritas como “pró-lula”.

Na notícia crime, o advogado menciona uma declaração de Barroso em que diz que “pessoas boas reconhecem pessoas boas” e diz se tratar de um “ataque a figura do presidente da República em pleno exercício de seu mandato”. O advogado ainda escreveu:

“Um membro do Tribunal Superior Eleitoral condecorar ativistas políticos em pleno ano eleitoral, caracteriza sem SOMBRA DE DUVIDAS, grave crime eleitoral, pois, claramente induz a população a acreditar que os condecorados, (ativistas políticos pró-Lula), teriam e tem o ‘aval’ do tribunal e assim favorecendo o outro candidato a disputa eleitoral, tal ‘ATO’ não pode ser aceito, por tratar de crime eleitoral praticado pelos noticiados, com o uso da máquina estatal”.

No entanto, no evento de condecoração do TSE, em 29 de março, Barroso elogiou as personalidades homenageadas e afirmou que “quem é do bem, sabe quem é do bem e sabe onde o bem está”, sem fazer nenhuma menção político-partidária.

 

Por redação com Acesse Políticas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.