Terça, 25 de Janeiro de 2022
34°

Pancada de chuva

Curiúva - PR

ESPORTES BRASILEIRÃO

Coritiba joga mal, perde para o Goiás, mas segue perto do acesso

Coritiba tropeçou pela segunda rodada seguida e viu distância para quinto colocado encurtar

11/11/2021 às 09h29
Por: Redação Portal Curiúva
Compartilhe:
Coxa teve noite ruim e perdeu para o Goiás na Serrinha. (Foto: Coritiba FC)
Coxa teve noite ruim e perdeu para o Goiás na Serrinha. (Foto: Coritiba FC)

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem na região e em todo Paraná

Ainda não foi nesta rodada que o Coritiba conquistou o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. O time alviverde teve uma noite ruim nesta quarta-feira (10), perdeu para o Goiás por 2×1, no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia, permaneceu com 61 pontos ainda na vice-liderança, mas viu alguns concorrentes encostarem na classificação. A diferença para o CRB, quinto colocado, diminuiu e agora é de quatro pontos faltando três rodadas para o final da Série B do Campeonato Brasileiro.

Perto do acesso, o Coritiba tem a chance de garantir o retorno matematicamente o retorno à primeira divisão neste domingo (14), às 18h15, no Couto Pereira, diante do já rebaixado Brasil de Pelotas. Para isso, além de vencer, terá que torcer para o CRB perder seu duelo contra o Brusque, e ainda torcer para Guarani e CSA não vencerem seus compromissos contra Avaí e Confiança, respectivamente. Já o Goiás vai è Belém enfrentar o Remo, segunda-feira (15), às 20h.

O jogo

Precisando da vitória para voltar ao G4, o Goiás iniciou melhor a partida e pressionando o Coritiba. Mais tranqüilo em campo, o time coxa-branca criou sua melhor chance aos seis minutos. Léo Gamalho recebeu na área, fez o giro, mas mandou por cima. A resposta dos donos da casa foi a altura. Dois minutos depois, Alef Manga tenta e Wilson salva. No rebote, Rezende chutou e Henrique salvou em cima da linha.

O jogo ficou nervoso e com faltas duras dos dois times. Mesmo com o duelo mais equilibrado, o Goiás conseguia ser mais presente no ataque. Aos 30, depois do cruzamento de Diego, Rezende subiu livre e cabeceou para fora. Na sequência, foi a vez de Élvis arriscar de fora da área. A bola foi pela linha de fundo e assustou o goleiro Wilson.

A pressão do time goiano seguiu forte na reta final do primeiro tempo. Depois do cruzamento da direita de Alef Manga, a bola chegou até Bruno Mezenga, livre na esquerda, mas o chute cruzado passou longe do gol do goleiro Wilson.

Goiás volta melhor e garante a vitória

O Coritiba não voltou bem do intervalo. O Goiás, que já foi melhor no primeiro tempo, veio para o segundo tempo mais ofensivo e mais eficiente. Nos minutos iniciais, o goleiro Wilson fez duas boas defesas. Aos 8 minutos, a pressão dos donos da casa deu resultado. Élvis cobrou escanteio na cabeça de David Duarte, que subiu livre e mandou sem chances para Wilson.

O Coritiba acusou o golpe e o segundo gol aconteceu de novo em uma bola parada. Élvis cobrou falta e Bruno Mezenga subiu livre para deslocar Wilson e ampliar a vantagem dos donos da casa. O técnico Gustavo Morínigo, então, mudou o time alviverde. Robinho, Val e Gui Azevedo entraram.

O time coxa-branca mudou sua postura e passou a buscar mais o ataque. Foi recompensado, então, aos 30 minutos. Depois da bola na área e do bate-rebate, Guilherme Biro dividiu, David Duarte tentou tirar, mas a bola passou a linha. O lance foi revisado pelo VAR, mas o gol foi confirmado.

O Coritiba voltou para o jogo, mas não tinha organização necessária para criar chances claras de conseguir pelo menos o empate. As melhores chances continuaram sendo do Goiás. Bruno Mezenga e Dadá Belmonte por pouco não marcaram. No final, o Verdão até pressionou, mas sem a força suficiente para evitar a segunda derrota seguida na Série B do Campeonato Brasileiro. O acesso, então, foi adiado por mais uma rodada.

FICHA TÉCNICA

Goiás 2×1 Coritiba

Local: Estádio Serrinha, em Goiânia (GO).

Data: quarta-feira, dia 10 de novembro.
Horário: 21h30.
Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva (MG).
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Celso Luiz da Silva (MG).
VAR: Marco Aurélio Fazekas Ferreira (MG)

Goiás: Tadeu; Diego, David Duarte, Reynaldo e Artur; Caio Vinicius (Luan Dias), Rezende (Iago Mendonça), Fellipe Bastos e Elvis; Nicolas (Bruno Mezenga) e Alef Manga (Dadá Belmonte).

Técnico: Glauber Ramos

Coritiba: Wilson; Natanael (João Victor), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Matheus Sales (Val) e Rafinha (Robinho); Waguininho, Igor Paixão (Gui Azevedo) e Léo Gamalho (Willian Alves).

Técnico: Gustavo Morínigo

Gols: David Duarte, 8,  Bruno Mezenga, 14, Guilherme Biro, 30 do 2º

Cartões amarelos: Rezende, Alef Manga, Fellipe Bastos (GOI); Igor Paixão, Luciano Castán (CFC)

Público pagante: 6.159

Público total: 6.618

Renda: R$ 139.775,00

 

Banda b

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias